Página Inicial
        Notícias
       Fotos
       Diretoria da CBMT
       Agenda
       Links
       Academias Filiadas
       Graduação
       Atletas do Ano
       Vídeos em Destaque
       O Muay-Thai
       História no Brasil
       Ranking Amador
       Ranking Profissional
       Mestres e Professores
       Por que se filiar à CBMT?
       Quem é a CBMT ?
       Regras
       Quadro de Árbitros
       Ouvidoria e STJD
       Licitações
       Nutrição para o atleta
       Wolrd Muay Thai Federation
       English
       Bolsa Atleta
       Contato


Nota de Repúdio
A Confederação Brasileira de Muay Thai Boxe Tailandês, por meio de seu presidente, Sr. Artur Mariano, em atenção as difamações e calúnias que o Sr. José Márcio de Luna, vem realizando nas redes sociais e por outros meios, apresentar a sua nota de repúdio pelas ações que está fazendo, na tentativa de enganar o público em relação a verdadeira Confederação Brasileira de Muay Thai Boxe Tailandês.
Lamentavelmente o desespero é visível quando você vê uma pessoa de má índole, que já trabalhou nesta Confederação, propagando mentiras através das redes sociais, usando o próprio perfis.
Sua tentativa não está convencendo quase ninguém, mas em respeito ao público e a todos os membros e colaboradores dessa brilhante e honrada Confederação, venho a público realizar o esclarecimento sobre o tema.
Segundo o Sr. José Márcio de Luna, que se denomina nas redes sociais como sendo apenas Márcio Luna, a verdadeira Confederação Brasileira de Muay Thai Box Tailandês tem como presidente ele mesmo, já que abriu uma empresa comercial comum denominada de “Confederação Brasileira de Muay Thai” e com nome fantasia de “CBMT Confederação Brasileira de Muay Thai”, que foi aberta em 07/05/2018, com matriz em Imperatriz – MA.
Infelizmente, a Confederação Brasileira de Muay Thai Box Tailandês, no momento de sua fundação, não realizou o registro devido no INPI competente de seu nome e marcas, o que hoje já se encontra devidamente regularizado.
Se aproveitando disso, o Sr. José Márcio de Luna, ao ser desligado da Confederação, pela segunda vez em 22/05/2017, por má conduta ética, resolveu abrir pessoa jurídica com o mesmo nome da Confederação, pois tinha conhecimento do não registro e quem não registra a marca não pode impedir que outros a usem.
Totalmente com intúito de enganar o publico alvo da entidade, o mesmo passou a usar, indevidamente os símbolos, emblemas, cores e nome da Confederação oficial, que foi fundada em 1994 devidamente registrada na Receita Federal em 03/11/1994, quando se tornou pessoa jurídica de direito privado e com ata de reforma do seu Estatuto em 06/07/2016.
Como pode o Sr. José Márcio de Luna se dizer presidente da Confederação se em nenhum documento oficial da própria Confederação consta seu nome como sendo o atual presidente? A resposta é muito simples, por se tratar de uma pessoa maliciosa, o mesmo tentou dar um golpe na Confederação Brasileira verdadeira, no intuito de angariar todos os alunos e patrocinadores assim como colaboradores para que o mesmo possa apresentar um cartão de CNPJ onde consta a inscrição de uma empresa comum com o nome da Confederação e que foi aberta e fundada em 2018, quando é de conhecimento de todos que a verdadeira Confederação foi fundada muito antes disso, como pode ser visto nos eventos anteriores a 2018.
Devido a entraves jurídicas, a Confederação não poderia se pronunciar sobre esse tema, para não atrapalhar a estratégia jurídica que já está em andamento em face do Sr. José Márcio de Luna e demais pessoas que estejam repassando e compartilhando os vídeos e textos sobre essas enganações nas redes sociais, pois pela lei, são tão culpados como o autor das calúnias e difamações.
O próprio já foi advertido para parar de usar o nome e marca da verdadeira Confederação, mesmo sendo possuidor de uma empresa com nome similar, pois está usando emblemas e símbolos de uma empresa que já existe a muito tempo.
Tais publicações além de tentar enganar o público também tenta sujar a minha imagem como pessoa pública, tudo isso vai ser resolvido judicialmente com ações cíveis e criminais contra todos que ousaram a atentar contra a minha pessoa e na pessoa da ilustre Confederação Brasileira de Muay Thai Box Tailandês, atentando não somente contra o ente mas contra a TODOS que nela pertencem, são filiados e colaboram.
Todas as providências já estão sendo tomadas para a resolução do problema e impedir o Sr. José Marcio de Luna de usar o que não lhe pertence, mas como a lei proíbe publicações de processos judiciais, qualquer outra dúvida que venha a existir, mesmo depois dessa nota de repúdio, podem e devem ser feitas diretamente para a Confederação nos canais: WhatsApp 21 96715-5474, telefone 21 2547-5322 ou pelo e-mail cbmuaythai@gmail.com
 
Muito obrigado a todos.
 
Confederação Brasileira de Muay Thai Boxe Tailandês
Artur Mariano
Presidente


Fonte: Confederação Brasileira de Muay Thai


Confederação Brasileira de Muay Thai ® - ®Copyright 2007 Todos os direitos reservados.
Site melhor visualizado em resolução 800x600 - 32 bit colors